sábado, 12 de dezembro de 2015

Nair Benedicto desnuda a realidade em exposição na Casa da Imagem - até 7 de fevereiro de 2016

 


*Entrada gratuita - até 7 de fevereiro de 2016

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/noticias/?p=19152

Nair Benedicto desnuda a realidade em exposição na Casa da Imagem

“Por debaixo do pano” traz 117 imagens da fotógrafa até fevereiro
Por Giovanna Longo

Em razão de seu ofício, Nair Benedicto pôde viver e testemunhar momentos históricos e impactantes da história brasileira, como a ditadura militar. De forma poética e ao mesmo tempo contundente, as imagens capturadas por suas experientes lentes fotográficas nos convidam à reflexão sobre o passado e os rumos do presente.

É com essa proposta que chegou à Casa da Imagem, no dia 8 de novembro, a exposição “Por debaixo do pano”, que traz 117 imagens da fotógrafa, com a curadoria de Diógenes Moura. O conjunto revela, segundo ele, “a realidade falsamente camuflada e desnuda da nossa vida cotidiana”. Os registros abordam temas como tribos indígenas, manifestações populares e desigualdade social. Haverá também retratos de um Brasil desconhecido, como um bloco de maracatu só de mulheres fotografado na Zona da Mata pernambucana. “O que eu quero guardar é a mágica que se estabelece no encontro com essas pessoas. Estar diante do mundo e deixar que ele interfira no meu olhar. É essa sensação que provoca em mim o desejo de compartilhar o que vi e vivi”, revela Nair.

Além das fotos, a exposição conta, ainda, com a exibição de dois registros audiovisuais que a agência F/4 de Fotojornalismo, fundada por ela em 1979, assina como correalizadora, ao lado do Grupo Maria Bonita. Embora produzidos na década de 1980, os vídeos têm uma temática absolutamente contemporânea, prova disso é a própria redação do Enem 2015 (Exame Nacional do Ensino Médio), cujo tema foi "A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira". Os filmes, intitulados “Não quero ser a próxima” e “O prazer é nosso”, colocam a mulher primeiro como vítima de abusos e maus-tratos por parte de seus maridos ou companheiros e, depois, falando sobre sexualidade de modo livre por meio de suas próprias experiências libertadoras.

Daniel Malva
O artista Daniel Malva inaugurou, no Solar da Marquesa de Santos (ao lado da Casa da Imagem), a série inédita “O jardim”, que reúne 24 fotografias na exposição “A medida do tempo das coisas”, com curadoria de Henrique Siqueira e Monica Caldiron. A obra evidencia a relação entre a morte e o tempo, combinando o passado e o presente.

Serviço:| Casa da Imagem e Solar da Marquesa de Santos. Rua Roberto Simonsen, 136-B. Próximo da estação Sé do Metrô. Ao lado do Pátio do Colégio. Centro. Tel. 3241-4238. De 8/11 a 7/2/2016. 3ª a dom., das 9h às 17h. Grátis


*acessar link a seguir para ver mais:
https://www.google.com.br/search?q=nair+benedicto&safe=off&biw=1248&bih=670&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjQrcvUhdfJAhUJS5AKHZOXCioQ_AUIBigB#imgdii=E4b-TXLU6RN3DM%3A%3BE4b-TXLU6RN3DM%3A%3Bw62X2eO6PQqLxM%3A&imgrc=E4b-TXLU6RN3DM%3A




 

https://blogwallme.wordpress.com/2012/08/24/livro-de-nair-benedito-com-producao-grafica-de-fausto-chermont-e-lancado-no-festfotopoa/





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...