quinta-feira, 22 de junho de 2017

178 ANOS DE MACHADO DE ASSIS E 117 ANOS DE OSKAR FISCHINGER



https://www.google.com.br/webhp?hl=pt-BR&ictx=2&sa=X&ved=0ahUKEwjl1MeqwtDUAhWEGZAKHaeiAWQQPQgD

Oskar Fischinger e Lumigraph

Artista criou animações muito antes do surgimento da computação gráfica. 

Por Paulo Alves, Para o TechTudo

O Doodle do Google desta quinta-feira (22) comemora os 117 anos do nascimento de Oskar Fischinger, artista alemão conhecido por trabalhos no cinema, na pintura e especialmente em animações com música. Ele é conhecido por criar vídeos abstratos com sons muito antes do surgimento do design gráfico e dos clipes de música. Fascinado por espirais, presentes em boa parte da sua obra, Fischinger ganha uma homenagem em forma de Doodle que traz um design inspirado no seu trabalho.(...)
http://www.techtudo.com.br/noticias/2017/06/oskar-fischinger-e-lumigraph.ghtml


http://www.techtudo.com.br/noticias/2017/06/doodle-machado-de-assis.ghtml

Machado de Assis: Google celebra 178 anos do nascimento


 O Doodle do Google desta quarta-feira (21) celebra os 178 anos do nascimento de Machado de Assis ─ escritor, poeta e fundador da Academia Brasileira de Letras. O Google homenageia o brasileiro em forma de Doodle. Joaquim Maria Machado de Assis, o menino que nasceu no Morro do Livramento, no Rio de Janeiro, em 21 de junho de 1839, hoje é considerado um dos maiores nomes da Literatura Brasileira e sua bibliografia reúne obras que são conhecidas mundialmente com frases, poemas, crônicas e livros de sua autoria. (...)



INÍCIO 

11 DE JULHO - DIA MUNDIAL DA CONSCIÊNCIA DA BENZODIAZEPINA


http://translate.google.com/translate?hl=pt&sl=auto&tl=pt&u=http%3A%2F%2Fw-bad.org%2F

http://w-bad.org/


O QUE?

O que W-BAD representa?

W orld B enzodiazepine A wareness D ay (W-BAD)

Qual é o lema oficial do W-BAD?

"Mudança através da unidade"


Logotipo "Change Through Unity" de W-BAD

Qual é a declaração de missão de W-BAD?

O Dia Mundial de Conscientização sobre Benzodiazepina visa aumentar a conscientização global sobre o grave problema da dependência de drogas com benzodiazepina induzida por médicos que continua a afetar milhões de pessoas inocentes e inocentes em todo o mundo, direta ou indiretamente.
Nossa missão concentra-se no problema das pessoas comuns e comuns que são prejudicadas por essas drogas como resultado de tomá-las "conforme prescrito" (exatamente como indicado pelo seu médico) - geralmente por estresse, ansiedade, sono, etc. Apesar das recomendações e advertências, Médicos e outros prestadores de cuidados de saúde freqüentemente prescrevem esses medicamentos repetidamente por períodos prolongados sem dar o devido consentimento informado sobre os riscos ou conselhos apropriados sobre os protocolos de retirada (consulte o "Manual de Ashton" para obter informações sobre os protocolos de retirada).
Os governos globais permitiram que o problema diminua silenciosamente fora de controle durante décadas, criando um problema tão grande que não há vontade política para abordá-lo. Conseqüentemente, milhões de pessoas comuns devem sofrer desnecessariamente no escuro, sem qualquer entendimento ou acesso a cuidados e suporte adequados. Pior ainda, há uma grande quantidade de mídia que estigmatiza essas pessoas, deturpando o problema com palavras como "abuso, uso indevido, viciados", etc. Infelizmente, essa tendência força o problema ainda mais subterrâneo deixando os outros serem vítimas nas mãos dos malvados, Prestadores médicos informados e políticos ignorantes.
O Dia Mundial da Conscientização sobre Benzodiazepina procura transferir a responsabilidade para o local onde ela pertence, incentivando o estabelecimento de controles mais rigorosos para a prevenção da dependência iatrogênica de benzodiazepinas e a provisão de instalações de retirada especializadas para aqueles que tão desesperadamente precisam delas. Esta é uma oportunidade para as vítimas de estabelecimentos médicos e políticos que falharam para recuperar suas vidas; Para fazer um esforço unificado para aumentar a conscientização, dizendo que "esse problema é urgente e precisa ser abordado agora".
W-BAD não busca restringir o acesso a essas drogas para aqueles que sentem que podem se beneficiar com elas, nem procuram forçar ninguém a parar ou reduzir contra sua própria vontade.
W-BAD não está associado ao uso ilícito ou ao abuso de benzodiazepinas, o que é uma questão completamente diferente da dependência física iatrogênica.

Quais são os objetivos de W-BAD?

Nawal al Saadawi: la mujer que le reprochó a Dios su injusticia.



https://www.facebook.com/redfiluruguay/videos/797945266973324/

Nawal al Saadawi: la mujer que le reprochó a Dios su injusticia.

Es mucho lo que se puede decir para describir a Nawal al Saadawi. Wikipedia la define como escritora, médica y feminista egipcia, pero seguramente se queden cortos.
En 1972 Saadawi se jugó su puesto en el Ministerio de Salud de Egipto (y lo perdió) con la publicación del libro La mujer y el sexo, en el que denunciaba la extirpación del clítoris. En 1981 el régimen de Anwar el Sadat la encarceló por mostrarse crítica con su gobierno, pero ni siquiera en prisión se calló, y allí se dedicó a escribir sus memorias sobre un rollo de papel higiénico con un lápiz de contrabando. Diez años más tarde tuvo que exiliarse por las amenazas de muerte de los islamistas, pero eso le permitió dar clase en la Universidad de Washington.Estos son motivos suficientes para definirla como una mujer especial, optimista y comprometida y, por tanto, para que la revista Anoche tuve un sueño le concediera el premio especial Optimistas Comprometidos, en su segunda edición, que recogió en Madrid.


INÍCIO 

O que o filho do Roberto Marinho não disse



https://www.youtube.com/watch?v=Zxihi4ED-3c


INÍCIO 

terça-feira, 20 de junho de 2017

CHAMADA 2017: PUBLIQUE NA PEABIRU!

CHAMADA 2017: PUBLIQUE NA PEABIRU!
A Peabiru é uma revista colaborativa de cultura latino-americana. Toda a comunidade externa, além da universitária, pode submeter propostas de conteúdo para publicação na revista.
O conteúdo colaborativo pode ser em formato de artigo, fotografia e/ou ilustração. Os textos devem ter no máximo duas páginas. E tanto imagem como texto precisam dialogar com o eixo temático central da revista que é a cultura latino-americana. O conteúdo pode ser em português ou em espanhol.
As chamadas são para três edições: duas online e uma impressa.
As propostas devem ser enviadas para o email: revista.peabiru@gmail.com
Prazo? até o dia 15 de julho
Saiba mais > https://goo.gl/d8xCug
Conheça as edições anteriores: https://goo.gl/H3cR6f http://gph.is/2rVDFaA
Fotografia de João Pedro de Mello Porto.

https://www.facebook.com/revistapeabiru/photos/a.395642103783931.109145.320245811323561/1764133486934779/?type=3

INÍCIO 

O Carnaval de Capiba - "Madeira que cupim não rói"




https://www.youtube.com/watch?v=li4SgjHF3Ic


 Lourenço da Fonseca Barbosa, mais conhecido como Capiba (Surubim, 28 de outubro de 1904Recife, 31 de dezembro de 1997) foi um músico e compositor brasileiro. Tornou-se o mais conhecido compositor de frevos do Brasil.(...)
 

Amigo é Casa - Lenine e Zé Renato - Música de Capíba e Hermínio Bello de Carvalho



https://www.youtube.com/watch?v=TJsIISMx8gI

INÍCIO 

Bruno Latour - "Algo está vindo sobre nós e não estamos fazendo nada"


Bruno Latour - "Algo está vindo sobre nós e não estamos fazendo nada"
http://filosofiaemvideo.com.br/video-bruno-latour-algo-esta-vindo-sobre-nos-e-nao-estamos-fazendo-nada/
Bruno Latour (1947) é um filósofo da ciência francês. É há anos professor visitante da London School of Economics e da Universidade Harvard. Doutor em filosofia e professor do Institut d’Etudes Politiques de Paris (Sciences Po). Foi professor da École nationale supérieure des mines de Paris (Mines ParisTech) e da Universidade da Califórnia em San Diego. Em setembro de 2007, Bruno Latour tornou-se diretor científico e vice-diretor da Sciences Po.
Quando interrogado sobre tratar-se de superar o capitalismo, Bruno Latour responde: “Seja como for, o capitalismo não tem futuro e não tem nada a ver com o futuro. É uma definição do que acontece agora e, sobretudo, do que aconteceu no passado. Acredito que em todas as partes, todo ser humano está procurando encontrar uma alternativa ao capitalismo e sair da visão apocalíptica da esquerda do século XX, que ainda mantém a ideia de subverter o capitalismo… O capitalismo nunca será subvertido, não é feito para isso. O capitalismo será aspirado para baixo, por assim dizer, pelas alternativas que aparecerão em todas as partes do mundo. E porque talvez não exista planeta suficiente para o capitalismo.”
(em entrevista publicada por The Clinic, 04-02-2015. A tradução é do Cepat.)



https://www.youtube.com/watch?v=nZoQvVAJFHA



INÍCIO 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...