segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Regime militar matou o pai da escola pública


https://www.youtube.com/watch?time_continue=34&v=hpuWk2qkdaY



*Original: Tv Latinha

https://www.youtube.com/watch?v=ZxtSiDObwUE

Anísio Spínola Teixeira (Caetité12 de julho de 1900 — Rio de Janeiro11 de março de 1971) foi um jurista, intelectual, educador e escritor brasileiro.[1] Personagem central na história da educação no Brasil, nas décadas de 1920 e 1930, difundiu os pressupostos do movimento da Escola Nova, que tinha como princípio a ênfase no desenvolvimento do intelecto e na capacidade de julgamento, em preferência à memorização. Reformou o sistema educacional da Bahia e do Rio de Janeiro, exercendo vários cargos executivos. Foi um dos mais destacados signatários do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova[2], em defesa do ensino público, gratuito, laicoe obrigatório, divulgado em 1932. Fundou a Universidade do Distrito Federal, em 1935, depois transformada em Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade do Brasil.
Na ideia de uma educação integral[3] e uma educação para todos, expressa por Anísio Teixeira foi a concepção de educação que permeou os escritos e a obra de Anísio Teixeira, está a base de sua atuação como educador e sua contribuição para a educação no Brasil, que alguns consideram importante até hoje.(...)
https://pt.wikipedia.org/wiki/An%C3%ADsio_Teixeira


INÍCIO 

O Banco Central é a boca de fumo dos banqueiros


https://www.youtube.com/watch?v=k-Dsjo5DUu8&feature=share




Publicado em 23 de out de 2018

INSCRITO 611 MIL



Depois do sucesso espetacular de “A Elite do Atraso”, Jessé Souza lança “A Classe Média no Espelho”.

Ele critica a divisão clássica de classes A, B e C, porque a renda não explica o principal: como se chega até a classe.

“Classe” para Jessé significa reprodução de privilégios e o conhecimento é o principal privilégio.

Ele define as classes em:

- 18% são a massa da classe média;
- 2% são a classe média alta, o que ele chama de “Bélgica do Congo”;
- a verdadeira elite de proprietários não deve ser mais do que 800 pessoas, sendo 600 em São Paulo, segundo um banqueiro entrevistado no livro;
- e 80% são os excluídos que já chegam à escola como perdedores.

Há excluídos trabalhadores e aqueles que vivem de trabalho precário.

1/3 é de marginalizados.

A prova de que a Escravidão continua.

Somos filhos da Escravidão.

Uma das entrevistadas de Jessé diz frase inesquecível: todo racismo é uma coisa só.

O tripé da sociologia - DURKHEIM, WEBER E MARX.


https://www.youtube.com/watch?v=s9rk_2TbWAY




INÍCIO 

Sobre a Morte - Jung





https://www.facebook.com/ariel.oliveiras/videos/657270561313251/ 
1,4 mil visualizações


Seguindo essa lógica, de que só pode ser a nossa consciência que está em constante movimento através dessa realidade, e que o tempo não está em movimento, nós estamos, é importante destacar a importância de percebermos a eminente presença no agora, pois toda a percepção do passado está na nossa mente em forma de lembranças e formas-pensamento que montam a estrutura do ego, e todo futuro existe somente como projeções criadas baseadas em experiências passadas ou vindo da imaginação em si, a conexão com a sua Fonte, mas ainda assim, todos esses processos acontecem agora!
Cada momento é imóvel por natureza, nossa consciência vivencia momento após momento, assim como quando nós vemos um filme, vivenciamos frame por frame. Toda experiência é uma possibilidade valida para o universo, a variações geradas pelas nossas escolhas criam infinitas realidades paralelas, levando em consideração que cada movimento que fazemos é uma escolha, que todo acontecimento é algum tipo de intenção consciente ou não, fica óbvio então que existem infinitas realidades paralelas que nós trocamos infinitas vezes por dia, por hora, por segundo, ou frações de segundo...
Cada realidade paralela pode ser considerada como UM FRAME de todo o “filme” que é o conjunto de todas possibilidades dentro da nossa realidade. 
A maquina do corpo humano foi programada pra se manter em uma linha de eventos similares pra evitar que o programador dentro do corpo fique louco e não exerça sua função como ser limitado.
A ideia de continuidade só existe por causa da ilusão de tempo e espaço. Na realidade, todos eventos são simultâneos, ou seja, existem no agora, esse momento universal é a nossa essência, é o que está observando a si mesmo. Nós somos os observadores, os programadores dessa Matrix, seguindo a ilusão de continuidade por questões de aprendizado, ou simplesmente para termos a experiência de nós mesmos através de infinitos diferentes olhos.
Como o universo segue padrões pré-estabelecidos, é natural pensar que todos momentos já estão de certo modo pré-estabelecidos também, digo de certo modo pois como foi dito antes, isso não diz respeito a sua experiência, essa é a característica desse universo, existem infinitas possibilidades de sequências de eventos dentro dessa estrutura, nossas escolhas que nos direcionam através desse mar de possibilidades, mas toda experiência que nós humanos temos é necessariamente uma experiência no presente, o resto são projeções na nossa mente.

INÍCIO 

"IDEOLOGIA DE GÊNERO": manual prático pra não passar por idiota.


"IDEOLOGIA DE GÊNERO": manual prático pra não passar por idiota.

1. Karl Marx era um alemão que viveu no século XIX. NUNCA tratou da questão de gênero, porque sua preocupação estava em discutir as relações de exploração no capitalismo. Definia a ideia de ideologia no sentido de que as classes dominantes criavam formas de entender o mundo para convencer os dominados de que a desigualdade entre classes era natural.

2. As questões de gênero NÃO foram postas pelo comunismo e não foram centrais em NENHUM país que se disse socialista ou em grupos de esquerda. Esta é uma problemática trazida pelas mulheres, inclusive em crítica ao marxismo.

3. Simone de Beauvoir foi uma existencialista que viveu no século XX. NÃO era marxista e não acreditava que o socialismo resolveria as questões entre homens e mulheres. NÃO usou o conceito de gênero, mas dizia que vivíamos numa sociedade em que homens submetiam mulheres e em que se naturalizava a desigualdade.

4. Quem utilizou o termo ideologia de gênero foi Heleieth Saffiotti, uma socióloga brasileira que dizia que na sociedade patriarcal os homens desenvolviam a ideologia, no sentido marxista, para que as mulheres acreditassem que a desigualdade (NÃO A diferença) de gênero era natural . Esta ideia NÃO TEM NADA a ver com a suposta ideologia de gênero dos defensores do programa Escola Sem Partido.

5. Judith Butler, que NÃO É marxista e também NUNCA usou o termo ideologia de gênero tem como preocupação a ideia de que não somos substâncias e que nossas diferenças e desigualdades são construções sócio-culturais.

PORTANTO, Marx nunca discutiu gênero. Beauvoir e Butler não são marxistas e nem usam o termo ideologia. Marx e Butler NADA TÊM A VER.

O termo ideologia de gênero de Saffiotti NADA tem a ver com a discussão do Escola Sem Partido.

IDEOLOGIA DE GÊNERO NÃO EXISTE.Só quem já entrou em sala de aula sabe que não são aulas que convencerão alunos de qualquer coisa. Alunos nos questionam o tempo todo.

Em 30 anos como professora GARANTO que a grande maioria dos meus alunos não se tornou homossexual ou comunista por discutir o tema. Não é assim que as coisas funcionam...
Mas, COM CERTEZA, por discutir estes temas é que a grande maioria deles sabe respeitar aqueles que são diferentes."

Por Marta Rovai (Profa de História da UNIFAL MG)

INÍCIO 

Curso “A Era do Capital Improdutivo” - Pedagogia da Economia - aula 01/14 - Professor Ladislau Dowbor


https://www.youtube.com/watch?v=tAY4vLMWK_I

Caras e caros,

🤔 Entender o que acontece com a economia está ao alcance de qualquer pessoa. Não se trata aqui de teorias, e sim do nosso trabalho e do nosso dinheiro. O Instituto Paulo Freire, em parceria com o Economista e Professor Ladislau Dowbor, disponibiliza, gratuitamente, a íntegra do curso sobre o livro “A Era do Capital Improdutivo”.


📚 Você pode assistir e compartilhar livremente este curso, fundamental na atual conjuntura nacional e internacional.


🗣 São 15 vídeos de 10 a 15 minutos, numa linguagem clara e objetiva. O curso é em português, não em economês. Você vai entender como a nossa economia está sendo deformada, e como pode ser recuperada.

*Ladislau Dowbor é formado em Economia Política pela Universidade de Lausanne, na Suiça; Doutor em Ciências Econômicas pela Escola Central de Planejamento e Estatística de Varsóvia, na Polônia (1976). Atualmente é professor titular no departamento de pós-graduação da PUC-SP, nas áreas de economia e administração. 


PEDAGOGIA DA ECONOMIA: educando para o mundo real



Aula 1 – A dimensão dos desafios

https://www.youtube.com/watch?v=tAY4vLMWK_I



Aula 2 – Quem são as corporações?

https://www.youtube.com/watch?v=886_nPfslAc

domingo, 11 de novembro de 2018

Data Limite Segundo Chico Xavier [CM+P]


https://www.youtube.com/watch?v=4JxukHvGVzE&feature=youtu.be




INÍCIO 

CBMM Maior produtora mundial do metal Nióbio.


https://www.youtube.com/watch?v=6qCgjO6Shd8




INÍCIO 

Schubert: Octet in F groot, D 803 - Janine Jansen & Friends - IKFU 2015 ...


https://www.youtube.com/watch?v=O52r9_bXWBw&t=207s&fbclid=IwAR3xUy_aNSWfrENFERHJnKfQ2KKShwMGQ820OJvcOhdBaAWl5u-zElLsdwg




INÍCIO 

Deputada reeleita Erika Kokay - #EscolaSemCensura





904 mil visualizações

A deputada reeleita Erika Kokay fala sobre o projeto que quer censurar o pensamento crítico nas instituições de ensino, perseguir estudantes e professores. #EscolaSemCensura

Vídeo: Mídia NINJA

https://www.facebook.com/MidiaNINJA/videos/498885053952606/?__xts__[0]=68.ARC25DdQWfbe_9UTF6Mpw80q_6pJTibQ88MyyopwBWPqymcfli5a8OmnVxfRKEn2hoGhWJWiaPOdqwG_YEYWLXf8qEbeQQxNpC8UQ6yqm9vWpWd3-DjaBZGveiFpuPhx1wato5v2EpgondoUWWYRYeqfIKpjeym5duwFbIuPT-aNvM0HZzwNIvJumy4w5M6lNNoMVrpguf0F2g76wQI2FLrcpzVdCArn7zUBmZU8IhnCgYwbRkeMKVBgHpSHRP0dAqm5XhAY5wPTZMc2PlvN8Jvzcxrk4hITe0WZfy8qdtpQkJnk_hMAGKcAQ2RfewKNqZq3Fr5X7xMmTOpV--__RmjYMWp1bdSF&__tn__=H-R

INÍCIO 

sábado, 3 de novembro de 2018

Universo Holográfico - Tudo é um Sonho - Além do Cosmos


https://www.youtube.com/watch?v=XGx-ZSnanuo&t=1s


Publicado em 6 de dez de 2015
INSCREVER-SE 11 MIL


Artigo: http://seteantigoshepta.blogspot.com.... Universo Holográfico - Tudo é Um Sonho - [1 de 2] - O Micro Está no Macro, o Macro está no Micro. Você Sabe o que é “O Salto Quântico Genético”? Acesse: http://osaltociencia.blogspot.com.br/...
Testemunhos/Depoimentos: http://cienciahepta.blogspot.com.br/2...
Mande Email: seteantigos@gmail.com /// WhatsApp - Cell: (019) 99564-9779 (Claro) - Tel. Fixo: (019) 3504-7438
Iniciação o 'Salto Quântico Genético', O Despertar do Seu Deus Interior. O Despertar Perpetuo de suas Memórias de Vidas Passadas - “Todos Somos Deuses Adormecidos, se Souber como Despertar o Deus Então ele Acordará...”
- “Homem, conheça-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo", [Os Sete Sábios - Oráculo de Delfos]
- “Quem quer que se esqueça do passado está fadado a repeti-lo...” (constatação de todos os que realizam o ‘Salto’)
- “Quem é o mais sábio, oh oráculo? (pergunta Sócrates) - Tu é o mais sábio, já lhe disse... (responde o oráculo) - Só sei que nada sei! (responde Sócrates) - Disse bem Sócrates... Dentre todos que vêm aqui é o primeiro que tem noção de que não sabe nada. Antes de nascer tua memória foi reiniciada, e teu roteiro programado. Enganado você foi, repetidamente. Lembra-te de quem tu é, e entenderá o que faz aqui, o que é aqui, e para onde está indo...”
- Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...


Tags: Universo Holográfico,Tudo é um Sonho,Além do Cosmos, hd, full hd,

INÍCIO 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...