quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Os “malucos” sapateiam no palco


Os “malucos” sapateiam no palco

Aqueles que não eram levados a sério hoje têm poder atômico e também o de destruir a Amazônia

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/12/06/politica/1544113288_218824.html?fbclid=IwAR0ST0_s3DjVsHH9PrKk6r2MHTiCS9zh6fAZXhR7aU0abncHbmpXvzb74Ec

Nas últimas décadas existiu um consenso de que, diante dos absurdos que eram ditos nas redes e em outros espaços, a melhor estratégia era não responder. Contestar pessoas claramente mal intencionadas e intelectualmente desonestas, em sua busca furiosa por fama, seria legitimá-las como interlocutor, dando crédito ao que diziam. E, assim, servir de escada para que ganhassem mais visibilidade. A frase popular que expressa essa ideia é: “Não bata palmas para maluco dançar”. A eleição de Donald Trump, de outros populistas de extrema-direita e agora de Jair Bolsonaro revelou que este foi um equívoco que vai custar muito caro.
O que se deixou de perceber é que, com a internet, os "malucos" já tinham um palco nas redes sociais e no YouTube, assim como a capacidade de multiplicá-lo sem serem perturbados no WhatsApp. As falsas teorias que inventavam eram lidas como se fossem sérias e confiáveis. Os palcos haviam mudado de lugar e os “malucos” dançaram sem serem confrontados com fatos nem incomodados por ideias. As palmas só aumentavam de volume enquanto os ilustrados torciam o nariz ou esboçavam sorrisos de superior ironia.
Os “malucos” não só dançaram, como sapatearam. Em seguida, passaram a afirmar seus pensamentos como “verdades” – e verdades únicas. O próximo passo foi conquistar o poder. Hoje os “malucos” não só ocupam os palcos mais centrais como têm o poder atômico de explodir o mundo, como Trump, ou acabar com a Amazônia, como Bolsonaro.
Se a eleição de Trump já havia exposto essa realidade, a de Bolsonaro é ainda mais emblemática. No caso de Trump, ao menos se poderia contrapor que o presidente americano é um bem sucedido homem de negócios, algo bastante valorizado no país do “faça-se a si mesmo”, frase usada para encobrir desigualdades decisivas para o destino de cada um. No caso de Bolsonaro, apesar de ele se apresentar e ser apresentado como “capitão reformado”, o presidente eleito passou os últimos 28 anos como um político profissional com pouca ou nenhuma importância para as grandes decisões do Congresso, ganhando espaço no noticiário apenas como personagem burlesco. Conseguiu se eleger sem sequer participar de debates no segundo turno – ou exatamente por isso –, porque dominava os palcos que importavam para ganhar a eleição.(...)
*acesse o link acima para ler o texto integral

INÍCIO 

Simone de Beauvoir por DJAMILA RIBEIRO - parte 1, 2 e 3


https://www.youtube.com/watch?v=WlRLzA6YxWE



Publicado em 2 de ago de 2016

INSCREVER-SE 5,1 MIL


Djamila Ribeiro fala sobre a importância do pensamento de Simone de Beauvoir para o feminismo. E conta que a filósofa francesa escreveu O Segundo Sexo em 1949, quando ainda não se entendia como feminista. O livro faz uma reflexão sobre a condição da mulher e serve até hoje como ponto de partida para outras diversas teorias ligadas às questões da mulher e às questões de gênero.
Djamila Ribeiro é mestre em filosofia política.

Entrevista: Angélica Kalil
Captação e finalização: Analu Buchmann



Parte 2
https://www.youtube.com/watch?v=aClMc20YeVY

Parte 3
https://www.youtube.com/watch?v=0OdQ0vg4usU


INÍCIO 

Fernanda Montenegro recitando Simone Beauvoir - Globo News


https://www.youtube.com/watch?v=4gcBeOqNdpU&feature=youtu.be




INÍCIO 

Eduardo Marinho sobre PT e Bolsonaro


https://www.youtube.com/watch?v=ziTdHiNVMbM




INÍCIO 

publicação de El País viola os padrões da comunidade do Facebook!!


https://brasil.elpais.com/brasil/2018/12/08/internacional/1544267960_630635.html?id_externo_rsoc=FB_BR_CM&fbclid=IwAR0vPegz8eHTYsv8X4tAP02bluJFbBvkWz0pkXuJLB0Ng7MSLfOcNsyHQRg


INÍCIO 

A olavete Pondé não sabe o conceito de ressentimento de Nietzsche


https://www.youtube.com/watch?v=uNnvY3EY6JI&t=0s&index=81&list=PL1KQ2lzr5LYcB9ycBtBqQgH7trHdJ9Sz6




INÍCIO 

Lula esbofeteia Globo e Moro DE NOVO


https://www.youtube.com/watch?v=Ma7hVtvo50c




INÍCIO 

Ministro do Meio Ambiente vem do movimento "Endireita Brasil"


https://www.youtube.com/watch?v=zuR6HPjRouY




INÍCIO 

QUEM SOMOS NÓS? | Que País é Esse? com Jessé Souza


https://www.youtube.com/watch?v=e-api3qALbY&t=29s&list=PL1KQ2lzr5LYcB9ycBtBqQgH7trHdJ9Sz6&index=7


Publicado em 30 de nov de 2018
INSCREVER-SE 98 MIL


No terceiro programa da série “Que País é Esse?”conversamos com o professor, sociólogo e pesquisador Jessé Souza sobre as diferentes forças que moldaram o sistema político-social brasileiro ao longo dos séculos.

INÍCIO 

GLAUBER – O FILME, LABIRINTO DO BRASIL


https://www.youtube.com/watch?v=O1m0YQFrt5g


Publicado em 16 de mar de 2016
INSCRITO 9,2 MIL


Glauber, o filme – Labirinto do Brasil é um documentário sobre a vida e a morte de Glauber Rocha, o polêmico cineasta baiano que revolucionou o cinema, promovendo uma radical revisão na cultura brasileira. Imagens do enterro, depoimentos recentes de quem acompanhou sua trajetória, seu pensamento e idéias, explodem na tela num filme-tributo à memória de um artista que idealizava um cinema independente e libertário

INÍCIO 

Glauber Rocha falando do cinema nacional e estrangeiro


https://www.youtube.com/watch?v=nzeVQ9tyCLI




INÍCIO 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...