domingo, 17 de janeiro de 2016

se a gente estiver acordado, vendo tudo e UPA NEGUINHO





se o elenco fosse outro, o enredo seria outro
se os terroristas não tivessem religião, os alienados seriam outros
se eu não tivesse um blog eu seria outra pessoa pior agora
todas as minhas contradições fazem parte do meu edifício
que já teria ruido antes se eu não fosse blogueira
se as pessoas que me rodeiam fossem outras, eu seria outra pessoa
se eu não tivesse ouvido as músicas que ouvi quando criança, eu seria diferente
o que eu seria?
se eu estivesse lá agora, não estaria aqui usando meus neurônios, talvez estivesse usando outros neurônios, alguns outros que eu nem imagino
a palavra é um treco estranho mesmo
os crentes acreditam que só a palavra do livro sagrado é palavra
mas que grande burrice!
a palavra precisa ser achada por nós, a palavra mora dentro 
não mora fora, ainda sou uma estabanada com as palavras
um dia quem sabe eu consiga tratá-las como se deve!
hoje as palavras me inundaram, me afogaram
estou tentando me salvar, estou tentando cuspí-las
elas precisam ser salvas, precisam ser encontradas
aquelas que seriam as imprescindíveis
as que poderiam me salvar de verdade e salvar outra pessoa
uma pessoa que ainda está *"perdida, procurando se encontrar" 
mas...não adianta, a vida é complexa, a política é complexa 
e a cabeça humana mais ainda 
o duro é que a gente às vezes bate a cabeça muitas vezes na parede
e nem sabe que está procurando se encontrar.
mesmo que tudo pareça estar perdido, mesmo que o caos esteja com tudo,
mesmo que a gente não possa ter o domínio do que precisaria ter
se a gente estiver acordado vendo tudo
pensando em tudo, já é uma enorme coisa!

precisava falar da cultura, falar da força vital de alguns artistas
precisava falar da força de muitos artistas de hoje
a arte mudou muito, a cultura idem, a tv faliu, 
os atores das novelas batem ponto quando deveriam estar nos teatros
os compositores estão procurando seu público porque a tv morreu.

Elis Regina, talvez seja a última artista da tv, e já morreu faz 34 anos, 
acho que a tv morreu com ela.

nadia gal stabile - 17 01 2016 (sem correções)

*da série: "eu sei, isto não deveria estar aqui, mas está"

*"perdida, procurando se encontrar" : frase de música de Rita Lee

*isto não é uma homenagem a Elis Regina, isto é a tristeza pela morte da TV brasileira.


https://www.youtube.com/watch?v=Ki0MIqwjfGg






Enviado em 14 de dez de 2006
Composição de Edu Lobo e Gianfrancesco Guarnieri interpretada por Elis Regina no programa MPB Especial, de 1973, direção de Fernando Faro



INÍCIO 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Otávio Martins Amaral.17 de janeiro de 2016 18:16

    Upa, neguinho! São as palavras que fazem ele se levantar e sair sambando por aí. Quem disse foi o Guarnieri, vamos respeitar. Otávio Martins Amaral. Otávio M.Amaral.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...