segunda-feira, 18 de maio de 2015

ESCOLARIZANDO O MUNDO - O QUE CAUSOU AO MUNDO A "SUPERIORIDADE" CULTURAL!!!

Ivan Illich, no início da década de 70, publicou um livro com o título:  "Desescolarização da Sociedade", ou "Sociedade sem Escolas". Na verdade ele não era contra escolas, mas contra este sistema educacionbal totalitário falido, que origina todos estes autoritarismos absurdos no mundo, como por exemplo, na tecnologia e na ciência, no mundo corporativo e lógico, a raiz de tudo nasce na formação das pessoas, ou seja, nas escolas.Illich era amigo de Paulo Freire, porém discordavam em alguns pontos. A amorosidade que Paulo Freire via na educação era algo extraordinário! Sabemos que a afetividade e a aprendizagem são praticamente inseparáveis, e também sabemos muito bem os erros brutais pelos quais passamos desde que em tenra idade somos obrigados a frequentar escolas pra lá de equivocadas e que produzem problemas irremediáveis na maioria das vezes em nós e em nossos filhos! Abolir as escolas seria algo inimaginável num planeta onde a diversidade em geral e a humana, inclusive, são tão presentes, só poucas pessoas conseguem ter independência para aprenderem sozinhas, no geral a presença dos pais, e dos professores, é vital, mas não nestes moldes medievais que ainda temos hoje! A transformação educacional urge!! Aqui em São Paulo, na Bahia, e em alguns outros estados brasileiros, já temos bons exemplos de transformações educacionais em escolas. E podemos constatar que tais mudanças são hiper geniais e possíveis! Do que precisamos primeiro é a transformaçao dos educadores, professores e de todos os envolvidos na educação, e para dar uma ideia do que isto quer dizer : "É preciso uma aldeia inteira para se educar uma criança" provérbio africano. 

Assista ao vídeo, se dê uma chance  para poder ver as coisas sob outros ângulos!

Nadia Gal Stabile - 18 de maio de 2015





Escolarizando o Mundo - Completo Legendado [Schooling the World] 

https://www.youtube.com/watch?v=6t_HN95-Urs



O filme examina o pressuposto escondido da superioridade cultural por trás dos projetos de ajuda educacionais, que, no discurso, procuram ajudar crianças a "escapar" para uma vida "melhor".
Aponta a falha da educação institucional em cumprir a promessa de retirar as pessoas da pobreza -- tanto nos Estados Unidos quanto no chamado mundo "em desenvolvimento".
E questiona nossas definições de riqueza e pobreza -- e de conhecimento e ignorância -- quando desmascara o papel das escolas na destruição do conhecimento tradicional sustentável agroecológico, no rompimento das famílias e comunidades, e na desvalorização das tradições espirituais ancestrais.

Finalmente, ESCOLARIZANDO O MUNDO faz um chamado por um "diálogo profundo" entre as culturas, sugerindo que nós temos, ao menos, tanto a aprender quanto a ensinar, e que essas sociedades sustentáveis ancestrais podem ser portadoras do conhecimento que é vital para nossa própria sobrevivência no próximo milênio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...