sábado, 26 de novembro de 2016

26 11 2016 #nadiagalstabile #desenhosdigitais #cibergrafites

#nadiagalstabile   #desenhosdigitais #cibergrafites

http://nadiagalstabiledesigner.weebly.com/

https://www.facebook.com/NADIAGALSTABILE









MULHERES, RAÇA E CLASSE, de Angela Davis


http://boitempoeditorial.com.br/v3/Titulos/visualizar/mulher-raca-e-classe

 "Angela Davis traz um potencial revolucionário, e ler sua obra é tarefa essencial para quem pensa um novo modelo de sociedade." — Djamila Ribeiro
 
PRÉ-VENDA | MULHERES, RAÇA E CLASSE, de Angela Davis 
 
Um dos livros mais aguardados do ano já tem data marcada para chegar às livrarias: na primeira quinzena de setembro.
 Garanta já o seu exemplar!
 
Livraria Cultura: http://bit.ly/2aWdEkt
 Livraria da Travessa: http://bit.ly/2aWdJVj
 Livraria Saraiva: http://bit.ly/2aUmKLo
Livraria Martins Fontes: http://bit.ly/2aUnosb
 
Mulheres, raça e classe, de Angela Davis, é uma obra fundamental para se entender as nuances das opressões. Começar o livro tratando da escravidão e de seus efeitos, da forma pela qual a mulher negra foi desumanizada, nos dá a dimensão da impossibilidade de se pensar um projeto de nação que desconsidere a centralidade da questão racial, já que as sociedades escravocratas foram fundadas no racismo. Além disso, a autora mostra a necessidade da não hierarquização das opressões, ou seja, o quanto é preciso considerar a intersecção de raça, classe e gênero para possibilitar um novo modelo de sociedade.
Davis apresenta o debate sobre o abolicionismo penal como imprescindível para o enfrentamento do racismo institucional. Denuncia o encarceramento em massa da população negra como mecanismo de controle e dominação. Dessa forma, questiona a ideia de que a mera adesão a uma lógica punitivista traria soluções efetivas para o combate à violência, considerando-se que o sujeito negro foi aquele construído como violento e perigoso, inclusive a mulher negra, cada vez mais encarcerada. Analisar essa problemática tendo como base a questão de raça e classe permite a Davis fazer uma análise profunda e refinada do modo pelo qual essas opressões estruturam a sociedade. Neste livro, tal discussão é sinalizada pela autora por meio de sua abordagem do sistema de contratação de pessoas encarceradas nos Estados Unidos, que já durante o período escravocrata permitia às autoridades ceder homens e mulheres negros presos
para o trabalho, em uma relação direta entre escravidão e encarceramento como forma de controle social.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

mistureba iconográfica do facebook





e deseja-se ardentemente que caravelas nunca tivessem existido



ainda que eu não seja poeta
e mesmo que eu não tenha folhas em branco
mas telas em branco
mesmo que minha voz seja muda
como a de muitas mulheres

depois de dias e dias
tensões exageradas estouram
e só o que se pode sentir
são barquinhos a vela
flutuando sem destino
como os da infância
e deseja-se ardentemente
que caravelas nunca tivessem existido
 
nadia gal stabile - 23 11 2016




INÍCIO 

MUHAMMAD ALI


Muhammad Ali-Haj, nascido Cassius Marcellus Clay Jr. (Louisville, 17 de janeiro de 1942Scottsdale, 3 de junho de 2016)[2], foi um pugilista norte-americano, considerado um dos maiores ​​da história do esporte. Foi eleito "O Desportista do Século" pela revista americana Sports Illustrated em 1999.https://pt.wikipedia.org/wiki/Muhammad_Ali

https://www.youtube.com/watch?v=9Te78-iRaVw




INÍCIO 

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Caos é uma palavra muito mal compreendida - Ilya Prigogine


https://www.youtube.com/watch?v=wbHMc2bO98M



Teoria do caos




A Teoria do caos trata de sistemas complexos e dinâmicos rigorosamente deterministas, mas que apresentam um fenômeno fundamental de instabilidade chamado sensibilidade às condições iniciais que, modulando uma propriedade suplementar de recorrência, torna-os não previsíveis na prática a longo prazo.

Em sistemas dinâmicos complexos, determinados resultados podem ser "instáveis" no que diz respeito à evolução temporal como função de seus parâmetros e variáveis.
Isso significa que certos resultados determinados são causados pela ação e a iteração de elementos de forma praticamente aleatória. Para entender o que isso significa, basta pegar um exemplo na natureza, onde esses sistemas são comuns. A formação de uma nuvem no céu, por exemplo, pode ser desencadeada e se desenvolver com base em centenas de fatores que podem ser o calor, o frio, a evaporação da água, os ventos, o clima, condições do Sol, os eventos sobre a superfície e inúmeros outros.
Além disso, mesmo que o número de fatores influenciando um determinado resultado seja pequeno, ainda assim a ocorrência do resultado esperado pode ser instável, desde que o sistema seja não-linear.
A conseqüência desta instabilidade dos resultados é que mesmo sistemas determinísticos (os quais tem resultados determinados por leis de evolução bem definidas) apresentem uma grande sensibilidade a perturbações (ruído) e erros, o que leva a resultados que são, na prática, imprevisíveis ou aleatórios, ocorrendo ao acaso. Mesmo em sistemas nos quais não há ruído, erros microscópicos na determinação do estado inicial e atual do sistema podem ser amplificados pela não-linearidade ou pelo grande número de interações entre os componentes, levando ao resultado aleatório. É o que se chama de "Caos Determinístico"
Na verdade, embora a descrição da mecânica clássica e relativística seja determinística, a complexidade da maioria dos sistemas leva a uma abordagem na qual a maioria dos graus de liberdade microscópicos é tratada como ruído (variáveis estocásticas, ou seja, que apresentam valores verdadeiramente aleatórios) e apenas algumas variáveis são analisadas com uma lei de comportamento determinada, mais simples, sujeita à ação deste ruído. Este método foi utilizado por Einstein e Paul Langevin no início do século XX para compreender o Movimento Browniano.
Pois, é exatamente isso que os matemáticos querem prever: o que as pessoas pensam que é acaso mas, na realidade, é um fenômeno que pode ser representado por equações. Alguns pesquisadores já conseguiram chegar a algumas equações capazes de simular o resultado de sistemas como esses, ainda assim, a maior parte desses cálculos prevê um mínimo de constância dentro do sistema, o que normalmente não ocorre na natureza.
Os cálculos envolvendo a Teoria do Caos são utilizados para descrever e entender fenômenos meteorológicos, crescimento de populações, variações no mercado financeiro e movimentos de placas tectônicas, entre outros. Uma das mais conhecidas bases da teoria é o chamado "efeito borboleta", teorizado pelo matemático Edward Lorenz, em 1963.(...)
https://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_do_caos

Tráfego intrigante tem este blog

Depois que mudei o "formato" deste blog, o tráfego diminuiu bem, o outro formato mais compatível com telefonia móvel, atraia muito mais público dos EUA.
Mesmo com menor número de acessos, surpreendo-me com os acessos a postagens que eu considerava nem alcançarem muitos acessos!

Coloco aqui print screens de dados que o Blogger disponibiliza para os blogs.


Gráfico de acessos do dia de hoje até as 17 hs e 20 minutos



Estatística geral do blog, posts mais acessados até o dia de hoje, desde que o blog existe - 2008 


Estatística dos posts mais acessados na última semana


*Número de vezes que estas postagens foram acessadas até o dia de hoje (clique em cima da imagem para vê-la ampliada)






INÍCIO 

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

A 4ª. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL ESTÁ EM CURSO



http://www.intelog.net/site/default.asp?TroncoID=907492&SecaoID=508074&SubsecaoID=627271&Template=../artigosnoticias/user_exibir.asp&ID=795884&Titulo=A%204%AA.%20REVOLU%C7%C3O%20INDUSTRIAL%20EST%C1%20EM%20CURSO&utm_campaign=website&utm_source=sendgrid.com&utm_medium=email

23/07/2016

A 4ª. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL ESTÁ EM CURSO
Artigos / Entrevistas



Udo Gollub em Messe Berlin- (Conferência da Universidade da Singularidade)
 
Em 1998, a Kodak tinha 170.000 funcionários e vendeu 85% de todo o papel fotográfico vendido no  mundo. No curso de poucos anos, o modelo de negócios dela desapareceu e eles abriram falência. O que aconteceu com a Kodak vai acontecer com um monte de indústrias nos próximos 10 anos – e a maioria das pessoas não enxerga isso chegando. Você poderia imaginar em 1998 que 3 anos mais tarde você nunca mais iria registrar fotos em filme de papel?

No entanto, as câmeras digitais foram inventadas em 1975. As primeiras só tinham 10.000 pixels, mas seguiram a Lei de Moore. Assim como acontece com todas as tecnologias exponenciais, elas foram decepcionantes durante um longo tempo, até se tornarem imensamente superiores e dominantes em uns poucos anos. O mesmo acontecerá agora com a inteligência artificial, saúde, veículos autônomos e elétricos, com a educação, impressão em 3D,  agricultura e empregos.

Bem-vindo à quarta Revolução Industrial!

 O software irá destroçar a maioria das atividades tradicionais nos próximos 5-10 anos.
 
O UBER é apenas uma ferramenta de software, eles não são proprietários de carros e são agora a maior companhia de táxis do mundo. A AIRBNB é a maior companhia hoteleira do mundo, embora eles não sejam proprietários.

   Inteligência Artificial: Computadores estão se tornando exponencialmente melhores no entendimento do mundo. Neste ano, um computador derrotou o melhor jogador de GO do mundo, 10 anos antes do previsto.  Nos Estados Unidos, advogados jovens já não conseguem empregos.  Com o WATSON, da IBM, V. pode conseguir aconselhamento legal (por enquanto em assuntos mais ou menos básicos) dentro de segundos, com 90% de exatidão se comparado com os 70% de exatidão quando feito por humanos. Por isso, se V. está estudando Direito, PARE imediatamente. Haverá 90% menos advogados no futuro, apenas especialistas permanecerão.

  O WATSON já está ajudando enfermeiras a diagnosticar câncer, quatro vezes mais exatamente do que enfermeiras humanas.  O FACEBOOK incorpora agora um software de reconhecimento de padrões que pode reconhecer faces melhor que os humanos.  Em 2030, os computadores se tornarão mais inteligentes que os humanos.

Veículos autônomos: em 2018 os primeiros veículos dirigidos automaticamente aparecerão ao público. Ao redor de 2020, a indústria automobilística completa começará a ser demolida.  Você não desejará mais possuir um automóvel.  Nossos filhos jamais necessitarão de uma carteira de habilitação ou serão donos de um carro.  Isso mudará as cidades, pois necessitaremos 90-95 % menos carros para isso.  Poderemos transformar áreas de estacionamento em parques.  Cerca de 1.200.000 pessoas morrem a cada ano em acidentes automobilísticos em todo o mundo. Temos agora um acidente a cada 100.000 km, mas com veículos auto-dirigidos isto cairá para um acidente a cada 10.000.000 de km. Isso salvará mais de 1.000.000 de vidas a cada ano.

Livro reúne histórias de crianças presas, torturadas ou exiladas durante a ditadura no Brasil

Livro reúne histórias de crianças presas, torturadas ou exiladas durante a ditadura no Brasil

Organizado pela Comissão da Verdade de São Paulo, volume traz depoimentos de 40 pessoas que hoje têm entre 40 e 60 anos


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/cultura/livros/livro-reune-historias-de-criancas-presas-torturadas-ou-exiladas-durante-ditadura-no-brasil-14496104#ixzz4QK39Mk5p
© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 




INÍCIO 

O falso mito do "cérebro normal"


El falso mito del “cerebro normal”

ABC Cultural » 17.01.2016

Establecer el límite entre lo normal y lo patológico es complicado cuando se trata del cerebro. Vivimos en una sociedad que lo etiqueta todo y en la que el bienestar mental pretende adquirirse sin esfuerzo y recurriendo a los psicofármacos

Leer artículo completo

Autora del artículo: Pilar Quijada


http://capitanswing.com/prensa/el-falso-mito-del-cerebro-normal/

*ler na íntegra:
http://capitanswing.com/wp-content/uploads/Falso-mito-del-cerebro-normal_ABC-Cultural.pdf




*links sobre saúde mental :
http://sarauxyz.blogspot.com.br/2015/07/saude-mental-uma-sabia-reflexao-de.html?view=sidebar&m=1

http://sarauxyz.blogspot.com.br/2015/08/doenca-mental-nao-e-doenca-e-nem-mental.html#.WC5aZSR2N7F



INÍCIO 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

José Pacheco: Onde estão os professores? Por que não ocupam suas escolas?

http://cartacampinas.com.br/2016/11/xjose-pacheco-onde-estao-os-professores-por-que-nao-ocupam-as-escolas/


José Pacheco: Onde estão os professores? Por que não ocupam suas escolas?

By Carta Campinas / in Manchete, Saber & Saúde / on terça-feira, 15 nov 2016 06:38 PM / 3 Comments
Um dos grandes formuladores de novos paradigmas educacionais, José Pacheco, saúda secundaristas brasileiros e sugere: “O poder público insiste em velhas fórmulas. Por que os professores não ocupam suas escolas”?

Por José Pacheco

Pré-ocupações

Há mais de cem anos, Almada Negreiros escreveu:
“Quando eu nasci, todos os tratados que visavam salvar o mundo já estavam escritos. Só faltava uma coisa: salvar o mundo.
Quando decidi ser professor, todos os tratados que visavam salvar a educação já estavam escritos. Só faltava refundar a escola, salvar a educação, sair da zona de conforto.
Já na distante década de 1970, nos pré-ocupávamos e questionávamos o instituído. Os enunciados dos projetos requeriam que se educasse para e na autonomia.
Porém, professores cativos de uma platônica caverna, para onde uma “formação” deformadora os havia atirado, semeavam heteronímia.
Uma tradição centralizadora e autoritária recusava às escolas o direito à autonomia, contrariando a lei.
Provisórias medidas ministeriais adiavam a refundação da escola e negavam o direito à educação.
A crença nas virtudes da velha escola mantinha os professores na ilusão de uma possível melhoria de um modelo em decomposição. Se a família terceirizava a educação dos seus filhos e a escola não ensinava, uma sociedade doente considerava normal que assim fosse.
O contraste entre a sofisticação do discurso e a miséria das práticas tornava-se insustentável. Se as medidas de política educativa negavam a muitos alunos o direito à educação (direito consagrado na Constituição e na Lei da Bases), o poder público teria direito de manter tais políticas?
Se o modo como as escolas funcionavam provocava a exclusão de muitos jovens, as escolas poderiam organizar-se desse modo?
Se, do modo como ensinávamos, muitos alunos não aprendiam, teríamos o direito de continuar a trabalhar desse modo? Cadê a ética?
Estas foram algumas das nossas pré-ocupações. Até ao momento em que, fundamentando as nossas reivindicações na lei e numa ciência prudente, assumimos o estatuto de autonomia, dignidade profissional.
Reivindicamos condições de desenvolvimento dos projetos político-pedagógicos, exigimos respeito pelas decisões (políticas e pedagógicas) das nossas escolas e comunidades.
Da pré-ocupação passamos à ocupação.
No Brasil, ao cabo de vinte anos, o artigo 15º da Lei de Diretrizes e Bases do Florestan [Fernandes] e do Darcy [Ribeiro] é letra morta. A lei não foi cumprida e o poder público insiste no fomento de velhas fórmulas.
Bem nos avisava o Anísio [Teixeira]: Habituamo-nos a viver no país proclamado. Não no país real. Não existe uma política de Estado. Existe uma prática de desgovernos.
Mas há jovens brasileiros que não se mostram condescendentes com ministeriais disparates e ocupam escolas. Surpreende-me que sejam os jovens a ocupar escolas.
Deveriam ser os professores a ocupá-las. Porque os jovens sabem aquilo que não querem, mas ignoram a escola a que têm direito. Suponho que os professores saibam…
Se o sabem, por que se mantêm apáticos, quando, na formulação de política educativa, critérios de natureza administrativa se sobrepõem a critérios de natureza pedagógica?
 Por que não cumprem os seus projetos?
 Por que consentem que burocratas lhes imponham a mordaça do “dever de obediência hierárquica”?
 Onde estão os professores?
 Por que não agem no chão da escola e da comunidade, fazendo o que é preciso e inadiável, assumindo um estatuto de autonomia?
 Por que não ocupam as suas escolas?
 (Do Outras Palavras/ Blog da Redação)
José Pacheco é educador português e mundialmente conhecido pela criação da experiência inovadora representada pela Escola da Ponte, é autor de diversas obras sobre aprendizagem e gestão democrática na educação



INÍCIO 

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Ariano Suassuna - Desabafo sobre a cultura brasileira


https://www.youtube.com/watch?v=m9VPElNhA18
Publicado em 4 de mar de 2014

Trecho da Aula Espetáculo de Ariano Suassuna em Brasília, divulgada pela TV Senado, na qual ele fala sobre comicidade e, neste recorte, faz um desabafo (em nome de todos nós) sobre o que os produtores musicais tentam padronizar como "cultura brasileira".

INÍCIO 

Aula 39 - Sociologia - Cultura - Parte II: Multiculturalismo e Direitos ...



https://www.youtube.com/watch?v=JWnYFC3VpUE

Publicado em 12 de set de 2014

Saiba Mais: Sociologia. Aula ministrada pelo professor Daniel Gomes.

Crédito da imagem: Renato Araújo/ABr

INÍCIO 

Criolo Doido - Sucrilhos (HQ)



https://www.youtube.com/watch?v=K66N55TTLY8

INÍCIO 

Sociologia - Aula 10 - Cultura: Conceitos Básicos


https://www.youtube.com/watch?v=vSf36uCGI9E


INÍCIO 

NELSON CAVAQUINHO


"Dona carola" - CHICO BUARQUE  canta NELSON CAVAQUINHO 

https://www.youtube.com/watch?v=z0dwbe3t7XA





terça-feira, 15 de novembro de 2016

20 DE NOVEMBRO - DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA - DOCUMENTÁRIOS PARA DEBATER O RACISMO







*lista enviada por amiga do Facebook inbox :


*20 de Novembro / DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA - DOCUMENTÁRIOS PARA DEBATER O RACISMO*

1) Olhos azuis catedral https://vimeo.com/67460531
2) Chacinas nas periferias https://www.youtube.com/watch?v=53rQggrAouI
3) The Colour of Money - A História do Racismo e do Escravismo https://www.youtube.com/watch?v=0NQz2mbaAnc
4) Raça Humana https://www.youtube.com/watch?v=y_dbLLBPXLo
5) O negro no Brasil https://www.youtube.com/watch?v=zJAj-wGtoko
6) Ninguém nasce assim https://www.youtube.com/watch?v=6H_xfUCLWBY
7) Racismo Camuflado no Brasil https://www.youtube.com/watch?v=zJVPM18bjFY
8) Negro lá, negro cá https://www.youtube.com/watch?v=xPC16-Srbu4
9) Vidas de Carolina https://www.youtube.com/watch?v=AkeYwVc2JL0
10) Negros dizeres https://www.youtube.com/watch?v=yjYtLxiVQ7M
11) Mulher negra https://www.youtube.com/watch?v=WDgGLJ3TPQU
12) Negro Eu, Negro Você https://www.youtube.com/watch?v=lpT17VJpnX0
13)A realidade de trabalhadoras domésticas negras e indígenas https://www.youtube.com/watch?v=s4UsjpFg2Vg
14) Espelho, Espelho Meu https://www.youtube.com/watch?v=44SzV2HSNmQ 

15) Open Arms, Closed Doors https://www.youtube.com/watch?v=uXqpOFBXjBs
16) The Brazilian carnival queen deemed 'too black'- A Globeleza que era negra demais https://www.youtube.com/watch?v=3yp4Fg_eT_c
17) Boa Esperança - minidoc https://www.youtube.com/watch?v=3NuVBNeQw0I
18) Você faz a diferença https://vimeo.com/27014017#at=70
19) Memórias do cativeiro https://www.youtube.com/watch?v=_Hxhf_7wzk0
20) Quilombo São José da Serra https://www.youtube.com/watch?v=f0asl1-SpP4
21) 7% https://www.facebook.com/usp7doc/ 22) Menino 23 https://www.youtube.com/watch?v=4wmraawmw38
23) Pele Negra, Máscara Branca https://www.youtube.com/watch?v=sQEwu_TJi0s
24) Introdução ao pensamento de Frantz Fanon https://www.youtube.com/watch?v=mVFWJPXscm0
25) Invernada dos Negros https://www.youtube.com/watch?v=TCyu-Tb6D1o
26) A negação do Brasil https://www.youtube.com/watch?v=jJFCEpc7aZM&list=PLIZ9Dyq1zKSpZhKAvbk3Pa-UxD9FoQ3Vw
27) Sua cor bate na minha https://www.youtube.com/watch?v=gm-WjcZwgvg
28) História da Resistência Negra no Brasil https://www.youtube.com/watch?v=68AApIpKuKc
 

*DOCUMENTÁRIOS PARA DEBATER ISLAMOFOBIA E O RACISMO CONTRA ÁRABES* 1) Filmes Ruins, Árabes Malvados Como Hollywood transforma um povo em Vilão https://www.youtube.com/watch?v=lI_qYcxe5_g
2) Somos franceses https://vimeo.com97124824
3) This is Palestine - Shadia Mansour https://www.youtube.com/watch?v=wuj8lrE-9Qs
4) Versos migrantes https://www.youtube.com/watch?v=hDGsbGHddYU
5) Malala https://www.youtube.com/watch?v=cug1-eTOVSk
6) A Palestina Ainda é a Questão/Palestine Is Still The Issue https://www.youtube.com/watch?v=EYvOQHExhnY 

7) Os palestinos nos livros escolares de Israel (Como se faz a desumanização de um povo) https://www.youtube.com/watch?v=GCcV7AtYgwo 
8) Terror Sionista em Gaza https://www.youtube.com/watch?v=8N6ZLcoSnlU 
 9) Tears of Gaza https://www.youtube.com/watch?v=6LMAF1z4RiE 
10) Fogos Sobre o Mármara http://www.dailymotion.com/…/xj5bfw_fuego-sobre-el-marmara-




INÍCIO 

Michio Kaku Explica a Teoria das Cordas

https://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_das_cordas







https://www.youtube.com/watch?v=NjhM1fFSd8A




INÍCIO 

JAMELÃO canta Cartola e Jobim



Jamelão em Clássicos do Samba da Gravadora Eldorado

https://www.youtube.com/watch?v=ZFDANBt0fA4&feature=youtu.be


Publicado em 12 de mai de 2013
Hoje 12-05-2013 Jamelão se vivo completaria 100 anos.( em 2016 - 103 anos)
Vai aqui nossa homenagem à este que foi um dos principais interpretes do Samba, Samba de Enredo, Bolero, etc.
Nosso obrigado a Jamelão pela sua musica.


Músicas : As rosas não falam - Cartola e Piano na Mangueira - Tom Jobim

Chico Buarque e Jamelão - Piano na Mangueira

https://www.youtube.com/watch?v=byFjhtQKpzw



José Bispo Clementino dos Santos, mais conhecido como Jamelão ([[São Cristóvão) |Rio de Janeiro]], 12 de maio de 1913 – Rio de Janeiro, 14 de junho de 2008), foi um cantor brasileiro, tradicional intérprete dos sambas-enredo da escola de samba Mangueira.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Jamel%C3%A3o_(cantor)

Arte - esculturas


http://ronbeckdesigns.com/wp/tag/wood/




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...